É melhor investir em uma solução de prateleira ou encomendar um software para minha empresa?

Para quem é leigo em desenvolvimento de software nem sempre essa pergunta é relevante num primeiro momento. No entanto, após estar com a solução pronta, diversos fatores podem influenciar no seu negócio como um todo. A forma como a solução de sua empresa foi desenvolvida/implementada impacta diretamente na produtividade. Em muitos casos ainda, em questões mais sérias como financeiro e até jurídico.

Entenda as principais diferenças entre ter uma solução de prateleira que foi customizada para o seu negócio e uma solução totalmente pensada para o seu propósito e desenvolvida do zero.

O que é uma solução de prateleira?

O termo soa até meio estranho, aliás, você não pega seu site, e-commerce ou sistema na prateleira de supermercado. Mas o mesmo é utilizado para denotar soluções comuns, que já foram desenvolvidas previamente e simplesmente são adaptadas ao seu negócio. Na Andrebian Soluções utilizamos muito o WordPress para customizar sites, portais e e-commerces aos nossos clientes. Isso nos faz ganhar muito tempo e entregar soluções de forma muito rápida. O WordPress é nosso maior exemplo de solução de prateleira.

Em soluções de prateleira encontramos diversos problemas do dia a dia das empresas já resolvidos. Porém isso acontece de forma genérica, afinal de contas, a intenção é que se abranja o maior cenário possível. Toda customização para que a solução se pareça com o que sua empresa quer passar ao cliente é feita em cima do que já existe, proporcionando um ganho de tempo incrível.

O que vem a ser o WordPress?

Surgiu no início dos anos 2000 como um simples gerenciador de blog, ganhou corpo e hoje é o CMS (Content Management System – Sistema de gerenciamento de conteúdos) mais utilizado no mundo, cerca de 30% de todos os sites na internet o usam – fonte. Muitos ainda pensam que este serve somente para blog, mas a verdade é que o WordPress se tornou um ecossistema de gestão de conteúdo em diversos níveis. Hoje em dia o WordPress é um ecossistema muito maduro e profissional.

Os usos mais comuns em agências digitais é para a criação de sites institucionais, blogs, portais de notícias e e-commerces. Mas dá pra ir muito além! É possível tranquilamente criar sistemas complexos, montar sua própria plataforma de cursos online, colocar em prática seu tão sonhado clube de assinatura ou ainda validar rapidamente a ideia de negócio de sua startup.

 

O que é uma solução sob encomenda?

Falamos de solução única quando um software é desenvolvido para resolver um problema específico, o de sua empresa. É comum que empresas precisem dos mais variados tipos de software, desde contabilidade, financeiro, comercial, marketing, chegando até o ponto de convergência entre o seu negócio e seu cliente. Pensando desta forma, normalmente nunca um software resolverá todos os problemas de sua empresa. No entanto vários softwares resolverão os vários problemas, trabalhando de forma precisa em cada um deles.

 

Quais as principais diferenças?

Veja a tabela abaixo para entender os principais pontos que se diferem entre solução de prateleira e sob encomenda.

Imagem de diferenças entre solução de prateleira e software sob encomenda

Diferenças entre solução de prateleira e software sob encomenda

 

Perceba que fui imparcial, não puxei nem para um lado, nem para o outro. A intenção deste conteúdo é explicar as diferenças e ao final pontuar 2 situações reais que enfrentamos aqui na empresa.

Contudo, explico 2 itens da tabela apresentada que talvez não tenha ficado tão claro.

Facilidade em contratações para manutenção futura

É relativo porque em ambas as situações o que pesa é a base em que a solução foi construída. Soluções com WordPress, Laravel e Node JS, tendem a ser muito mais fáceis de encontrar profissionais do que soluções desenvolvidas com Ruby, Python ou Elixir, por exemplo. E isso em ambas as situações. Sei que para pessoas leigas tudo o que mencionei no parágrafo anterior pode parecer grego, mas é importante salientar que todas estas tecnologias estão presentes no dia a dia de agências de desenvolvimento e desenvolvedores freelancers.

Base intacta e sempre funcional

 

Quem já tem algum site com WordPress sabe que praticamente toda semana existem atualizações. Por mais que manter sua aplicação sempre atualizada é o mais recomendado, nem sempre os efeitos da atualização são positivos. Isso porque o que está sendo atualizado não faz parte especificamente do seu negócio, mas sim do ecossistema sobre o qual o software do seu negócio foi construído. Isso quer dizer que uma atualização receberá especificamente novo software de terceiro para sua solução e nem você, nem seu gestor da plataforma podem estar aptos a julgar se tal atualização impactará seu software de forma positiva ou negativa.

Ressalto, na maioria das vezes é positiva, mas sempre existem excessões. Uma simples atualização de plugins pode gerar problemas diversos, como perda de vendas, funcionalidades instáveis ou que param de funcionar. Outros casos ainda de acesso liberado indevidademente a um conteúdo pago. Estes exemplos que citei são reais, já atendemos aqui atualizações com exatamente os erros mencionados.

 

O que vemos de ambas as situações?

Sem sombra de dúvidas cada cenário deve ser avaliado de forma individual. Já erramos bastante aqui na Andrebian Soluções. Fizemos coisas totalmente inéditas que teriam sido tranquilamente resolvidas com solução de prateleira assim como já fizemos coisas com solução de prateleira que passado um tempo, mostrou-se ineficaz.

Ok, mas como vocês podem guiar minha empresa na direção correta?

Atualmente a pergunta que guia nossa decisão sobre criar algo totalmente inédito ou utilizar solução de prateleira com customizações é a seguinte: Você pretende que a solução sofra modificações ao longo do tempo, adaptando-se à novas demandas de sua empresa?

Se a resposta for não, com toda certeza tendemos a ir de software já pronto com as devidas customizações. Se a resposta for sim, tendemos a desenvolver algo inédito para sua empresa. Lógico que esta é apenas a primeira pergunta, diversas outras que fazemos durante o briefing nos guiam da melhor solução.

 

Casos reais

Para que fique mais fácil de entender todo este conceito apresentado, listo dois casos recentes. Um desenvolvido com WordPress e um monte de plugins e outro criado do zero, apenas utilizando um framework de desenvolvimento.

Caso #1 – WordPress (Solução de prateleira)

Cliente: ProAdvance Language Solutions

Site: https://proadvance.com.br

O cliente é uma escola de inglês online. Após as reuniões iniciais, compreendemos erroneamente que tratava-se de um cliente que entregaríamos o site e nunca mais voltaria. Pois bem, foi desenvolvido um site misto de institucional com Landing Page e e-commerce. Tempos após a entrega os primeiros números: aumento de 160% nas vendas do curso. Uau, ficamos muito felizes.

Uma vez com aumento nas vendas ele começou a expandir e criar coisas novas, optando por nosso plano de manutenção. O plano de manutenção mensal da Andrebian Soluções visa realizar melhorias constantes no site ou sistema do cliente. Ainda existem situações de emergências como invasão ou ataques de hackers que são sanados na manutenção.

Logo nas primeiras solicitações, os primeiros problemas por termos criado com WordPress. Funcionalidades que demandavam plugins caros e além disso, diversas customizações para adaptar o recém comprado plugin para a realidade da empresa. Desta forma além de pagar em média U$200 por cada plugin, investíamos incontáveis horas os customizando, seja em funcionalidade, seja em tradução. Plugins comprados normalmente vem todos em inglês e quase sempre demandarão tradução. Obviamente que já aprendemos com erros do passado que não se deve alterar plugins diretamente. A maioria dos plugins disponibiliza filtros e actions para customização, os bem feitos, pelo menos.

Erro

Um dia sem nada de anormal com nossos projetos, o diretor da escola me chama desesperado no WhatsApp. Tiveram de realizar mais de 10 intervenções manuais no site em questão de uma hora pra concretizar algumas vendas. Ao chegar no checkout, antes mesmo de qualquer dado preenchido, o até então visitante deparava-se com um loading infindável. Os que tiveram paciência em esperar, chamaram o suporte via chat minutos depois, no entanto a grande maioria saiu.

Primeira coisa que eu fiz foi entrar no server e ignorar toda e qualquer modificação de arquivo feita pelo atualizador do WordPress. Em questão de segundos o problema havia sido resolvido.

O que causou o erro?

O site desta escola foi construído com o WordPress + Woocommerce e mais alguns plugins para pagamento. No dia havia surgido uma nova versão do WordPress e de alguns plugins, incluindo o Woocommerce. Um dos plugins de pagamento não teve atualização. Este que permaneceu intacto precisaria ter sido atualizado também porque uma mudança no Woocommerce impactou diretamente nesta extensão de pagamento. O problema só foi resolvido 3 dias depois. Mesmo assim, a escola perdeu incontáveis vendas. Além de ter que gerar fatura de algumas poucas de forma manual e passar para o seu cliente pagar. E isso tudo porque terceiros atualizaram seus softwares. Obviamente que nem toda atualização é obrigatória, mas algumas são automáticas. Mas o que incentiva qualquer usuário de WordPress a atualizar são as notificações. Ao navegar pelo painel diversos são os avisos de que existe nova versão de plugins ou mesmo do WordPress.

Complexidade na evolução

Recentemente o setor jurídico desta escola de inglês solicitou que fosse criada uma funcionalidade para a assinatura do contrato. As vendas ocorrem por diversos canais: site, facebook, telefone, afiliados, etc. Somente as vendas pelo site possuem a capacidade de constar um contrato como assinado, através do aceite dos termos.

Para os demais canais não existia possibilidade. Iniciamos o desenvolvimento da mesma que, estando ainda longe de terminar, já consumiu 13h do plano de manutenção do cliente. E é uma tarefa relativamente simples: expor o contrato, coletar o CPF do comprador, gravar data e hora da assinatura. O problema está em como identificar se o CPF informado é realmente de um cliente da escola, mais ainda, se este está apto a receber os dados de acesso. Veja bem, foram 13h de desenvolvimento e a estimativa é que se vão mais cerca de 10h. Ou seja, um total de 23h para uma funcionalidade muito simples se fosse em um sistema com pleno controle.

Tivemos de mudar comportamento de checkout, interceptar notificações de pagamento e diversas outras coisinhas chatas para quem sabe um dia o Woocommerce inativar o filtro ou alterar sua implementação e todo este trabalho for perdido. Sem contar que em todos os canais externos (telefone, afiliados, Facebook) teremos de criar uma seção no painel para que o comercial registre as atividades possibilitando o confronto dos dados assim que o CPF for consultado.

 

Caso #2 – Sob encomenda

Cliente: Prematuxos – moda prematuro

Site: https://www.prematuxos.com.br

O cliente é uma loja de roupas para bebês prematuros que precisa frequentemente se reinventar para manter o negócio fluindo. A solução foi dada com um framework de desenvolvimento onde foi criada uma loja virtual totalmente do zero.

Logo no início identificamos que tratava-se de um software sob encomenda e não poderia ser feito com algo de prateleira. Motivo: na concepção da loja ficou definido que a forma de entrega e de pagamento seria alterada caso o(a) comprador(a) fosse de Curitiba. Ou seja, reconhecendo que a compra deveria ser entregue em Curitiba – PR, o frete não era cobrado, existia a possibilidade de selecionar uma maternidade para a entrega, era possível informar o melhor horário para a entrega e nos dados de pagamento informar se era com cartão de crédito/débito ou dinheiro, bem como se precisava levar troco.

O problema do início

Como apresentado na tabela anteriormente, o fato de termos desenvolvido do zero custou maior tempo para a entrega da loja. Se fizéssemos com WordPress, por exemplo, com toda certeza um e-commerce sairia em coisa de uns 3 meses, desenvolvendo tudo do início, levamos 5 meses.

Logo tudo compensou

Como já mencionei, a loja está em constante mutação, pois é um e-commerce de nicho que tem que se reinventar a todo tempo pra poder continuar na ativa. Um dia precisávamos implementar frete com desconto progressivo: Compras acima de 50 reais tirávamos 20% do frete, acima de 100, 50% e acima de 150 reais o frete era grátis.

Esta funcionalidade foi desenvolvida em incríveis 1:40. Isso mesmo, 1 hora e 40 minutos! E detalhe, os valores não são fixos, a dona da loja pode os alterar como precisar, bem como adicionar novas configurações.

Coisa linda de se ver

Como já mencionado, a dona da loja está sempre inventando moda pra que a mesma continue relevante em seu segmento. Uma destas “modas” foi deixar de vender online temporariamente e focar somente no público de Curitiba – PR. A questão era simples, alterar todo fluxo de venda para permitir somente formar o pedido, não mais ter pagamento, cálculo de frete bem como não permitir que pessoas que não sejam da região realizem compras. Pois bem, tudo isso foi feito em 3:30. Em uma tarde apenas mudamos completamente todo o fluxo de compra! Isso tudo graças a ter uma solução pensada e moldada unica e exclusivamente para o negócio.

Outro detalhe é que a plataforma da loja já possui mais de 1 ano de vida e sua manutenção é viável de forma muito simples, como já apresentados os últimos casos e conseguimos ver um horizonte promissor com anos e anos de manutenção e constante evolução. Tudo porque foi utilizado um framework de alta qualidade e foram realizados testes automatizados do começo ao fim. Ou seja, ao ser realizada qualquer mudança no código, basta que rodemos as suites de testes e estas pegarão quaisquer erros existentes. E o melhor, antes de colocarmos as alterações no ar e mais ainda, sempre testando todas as funcionalidades, sem esquecer de nenhuma situação, pois tudo está automatizado.

 

O que se conclui

Com base em nossa experiência afirmamos que ambas as situações possuem vantagens e desvantagens.

Solução de prateleira

Ter uma solução de prateleira possibilita rápida implantação e inicialmente um menor custo. Muitos dos problemas mais conhecidos já estão resolvidos, no entanto de forma genérica. Para o seu negócio podem existir customizações. O manter pode ser mais complexo e em alguns casos, como compras de plugins, o valor economizado no início é compensado na manutenção, chegando em alguns casos se tornar até mais caro que uma solução sob encomenda. Outro ponto que costuma pesar muito em nossas decisões por aqui é que com este cenário o cliente basicamente deve se adaptar à plataforma. Conseguimos realizar customizaçõe incríveis, mas um WordPress sempre terá cara de WordPress. Uma simples tarefa de alterar os dados de contato da empresa no rodapé do site precisa de um manual e/ou treinamento.

Solução sob encomenda

Já um software feito sob encomenda demanda um início muitas vezes mais lento, uma vez que todos os problemas comuns tem de ser resolvidos neste estágio. Problemas comuns pensamos em uma integração com um meio de pagamento, cálculo de frete, disparos de emails transacionais, dentre outros. Mas depois começam as vantagens: fácil manutenção, a aplicação comporta grandes mudanças e não existem atualizações automáticas de terceiros que farão o seu negócio parar. Além do mais, esta vantagem é que vemos como a principal quando desenvolvemos uma solução sob encomenda: A solução adapta-se ao seu problema. Temos diversas reuniões, levantamentos de requisitos e definições de caso de uso e, nesta etapa, o cliente molda como quer que seu software funcione. Depois de estar toda a documentação para guia pronta, basta fazer a mágica acontecer.

E pra finalizar

Então em resumo, pra que você entenda o peso de ambas as soluções no seu negócio, siga estas dicas.

Uma solução de prateleira normalmente resolve seu problema inicial mais rápido a um custo menor mas sua manutenção tende a ser mais cara e complexa. Bem como atualizações de plugins podem causar erros inesperados.

Um software sob encomenda resolve seu problema inicial um pouco mais lento com custo eventualmente maior mas sua manutenção e evuloção é muito mais sadia, reduzindo custos futuros. Não existem atualizações automáticas, logo o que funciona hoje continuará funcionando por anos.

 

Sua empresa precisa de soluções baseadas na web? Somos especialistas. Desenvolvemos sites, sistemas, e-commerces e muito mais. Utilize o formulário abaixo e conte mais sobre sua necessidade.

[contact-form-7 id=”6087″ title=”Contact form 1″]


Andre Cardoso

Pai do Gab e da Mel, desenvolvedor PHP, co-autor do livro TDD com PHP (www.tddcomphp.com.br) e palestrante. Apaixonado por código de qualidade e resultados fantásticos.